Você está visualizando atualmente Qual a diferença entre filtro e purificador de água?

Qual a diferença entre filtro e purificador de água?

Está na dúvida sobre a diferença entre filtro e purificador de água? Então, aqui você vai conhecer as principais características de cada um. E também, os benefícios que podem trazer para seu dia a dia.

A água é essencial para nossas vidas, mas isso nós já sabemos. Uma das providências mais importantes para garantir a saúde da família é assegurar a disponibilidade de água pura e saudável para o consumo, tanto para beber como para o preparo de alimentos.

Durante muito tempo, o filtro de barro foi a primeira opção em muitas casas, mas hoje já existem alternativas mais seguras, como os purificadores de água. Entenda abaixo a diferença entre filtro e purificador de água:

Entenda como funciona o filtro de barro

Quando falamos de filtros falamos de algo mais simples, uma opção que funciona com uma vela central que retém as impurezas. Geralmente vêm nas versões de plástico ou barro, tornando-se assim acessíveis para o público em geral.

Quando novo, o filtro de barro entrega uma filtragem eficiente. Isso porque o processo por gravidade faz a água passar lentamente por dentro do refil, que contém elementos filtrantes. As paredes internas do filtro de barro muitas vezes são revestidas com prata coloidal, que elimina bactérias.

No entanto, com o tempo este revestimento é neutralizado por uma espécie de barreira natural: microrganismos vivos formam um filme sobre a prata, que deixa de ter contato com a água e perde a sua função. Este processo é facilitado pela porosidade do material, que propicia o acúmulo de sujeira.

Por estas características, o filtro de barro exige uma rotina de higienização frequente e minuciosa, além da troca da vela. Ainda assim, devido ao formato do recipiente, sempre há pontos em que a limpeza é dificultada.

Além disso, no filtro de barro há um local crítico para a proliferação de bactérias. Na área do encaixe entre a parte de cima e a parte de baixo do filtro pode haver frestas onde a água filtrada fica exposta.

Já sem cloro, ela fica sujeita a contaminação por sujeira e microrganismos presentes no ar do ambiente onde o aparelho está instalado. Além disso, no fundo do filtro há um verdadeiro volume morto, pois a água que fica parada abaixo do nível da torneira torna-se ideal para o desenvolvimento microbiológico.

Vantagens e desvantagens do filtro

VANTAGENS DO FILTRO DE BARRO:

– Mais simples;
– Mais barato;
– Filtragem eficiente;
– Não precisa de rede elétrica para funcionar.

DESVANTAGENS DO FILTRO DE BARRO:

– Com o tempo, acumula sujeira;
– Recomendado apenas para as pessoas que recebem água tratada em casa;
– Exige uma rotina de higienização frequente e minuciosa. Ainda assim, há lugares em que é difícil limpar;
– É necessário ficar enchendo de água periodicamente;
– Abaixo do nível da torneira a água fica parada, ou seja, é um ambiente propício para o desenvolvimento de micro-organismos.

Entenda como funciona o purificador de água

Já os purificadores de água, são mais práticos por serem acoplados diretamente ao sistema de abastecimento de água da residência. Além disso, possuem níveis de purificação e tecnologias que atuam no extermínio de bactérias e uma classificação de nível de limpeza que você pode conferir na hora de comprar, indo do P1 (o mais eficiente) ao P6 (o mais básico).

Alguns modelos ainda, possuem eficiência bacteriológica, que elimina 99,9% das bactérias do tipo Escherichia Coli. Esta, agride o trato gastrointestinal, e pode causar gastroenterite ou infecção urinária.

O refil dos purificadores deve ser trocado de acordo com a indicação informada na embalagem. A higienização do produto deve ser feita periodicamente pela assistência técnica, que oferece garantia de qualidade. A limpeza externa do aparelho pode ser feita pelo próprio consumidor, com água, detergente neutro e um pano de microfibra limpo.

Vantagens e desvantagens do purificador de água

VANTAGENS DO PURIFICADOR DE ÁGUA:

– Mais prático;
– É abastecido pela rede hidráulica, sem a necessidade de ficar enchendo de água;
– Reduz o índice de cloro e retém ou elimina a proliferação de bactérias;
– Pode ser utilizado com segurança em regiões que possuem poços artesianos ou onde o abastecimento de água é ruim.

DESVANTAGENS DO PURIFICADOR DE ÁGUA:

– Requer um investimento maior;
– Os modelos que oferecem água gelada precisam de energia elétrica.

Agora é a sua vez!
Se você chegou até aqui, então entende melhor qual a diferença entre um filtro e um purificador de água, certo? É seu momento de escolher qual produto melhor se encaixa com suas necessidades e seu perfil.

Fonte: https://blog.ibbl.com.br/2019/08/12/qual-a-diferenca-entre-filtro-e-purificador-de-agua/

Deixe um comentário